RAMMSTEIN Tour 2010

Desde do longínquo ano 1999 a banda alemã Rammstein está ensaiando um retorno ao Brasil.

Rammstein Tour 2010Quando foi anunciado o show que aconteceram nos dias 30 de Novembro e 1 de Dezembro houve uma correria geral e uma loucura completamente explicável tomou conta dos fãns.

Eu mesmo tratei de garantir logo meu ingresso, comprando nas primeiras semanas de venda. Depois acabei comprando para o segundo dia também para repetir a dose.

O show começou com uma bandeira gigantesca da Alemanha ocupando todo o palco, acho importante esses tipos de detalhe, mostra que a banda se preocupa em levar as origens para onde vão.

Ai as coisas começaram a pegar fogo, literalmente. Muita pirotecnia o mais espantoso é que era muito próxima aos músicos e do público. Por muitas vezes dava pra sentir muito forte o calor das labaredas.

A galera ia sempre a loucura quando subiam as colunas de chamas e fogos de artificio. Já tinha visto no Iron Maiden e Metallica boas produções pirotécnicas mas nada se compara.

Em “Feuer Frei” por exemplo os músicos ficam com lança-chamas presos a cabeça enquanto tocam e cantam e não é um foguinho, é uma chama respeitável mesmo, coisa de louco.

Outra loucura também é na “Mein Teil” onde o vocalista Till Lindemann literalmente cozinha o pobre coitado do tecladista Flake.

No G1 tem uma curta galeria de fotos, mas da pra ter uma idéia. Infelizmente nesse show eu não pude fotografar. Quem sabe o próximo.

fires of hell in my ass

Foto: Daigo Oliva/G1

O set list foi muito bem costurado, pegando as músicas populares e novas me agradando bastante.

“Rammlied”
“B********”
“Waidmanns Heil”
“Keine Lust”
“Weisses Fleisch”
“Feuer Frei”
“Wiener Blut”
“Frühling in Paris”
“Mein Teil”
“Du Riechst So Gut”
“Benzin”
“Links 2 3 4″
“Du Hast”
Pussy
Encore
“Sonne”
“Haifisch”
“Ich Will”
Pausa pro café
“Te Quiero Puta”

Senti falta de “Amerika” e algumas outras, mas não prejudicou o show.

Um dos pontos altos do show foi o passeio de bote que o Flake fez na música “Haifisch”, bem bom.

Para fechar a primeira parte do show na polêmica “Pussy” o baterista gozou na galera com seu dildo pirotécnico.

O show fechou com a “Te Quiero Puta” com direito a trompete de verdade e espanhol macarrônico do publico.

A apresentação inteira foi muito intensa, muito detalhes que vão ficar marcados em todos que puderam ir.

Os pontos fracos do show foram a péssima data escolhida para a apresentação. Muitas pessoas não puderam vir por causa da data escolhida. Esse porte de show precisa que pelo menos um show seja no final de semana ou no mínimo na sexta-feira.

Algns problemas de organização fizeram atrasar muito a entrada do primeiro dia. Até 20 minutos antes do show estava imensa com muitas pessoas fora da casa. A estrutura do Via Funchal é boa, mas achei a entrada e saída um pouco problemáticas. Em caso de alguma emergencia fiquei em dúvida se a casa comporta a saída segura de todas as milhares de pessoas em pânico.

O ingresso também foi bastante salgado e não havia a opção de compra de meia entrada via internet, o que fez que algumas pessoas desistissem de assistir o espetáculo.

Em resumo, o show foi fantástico, os problemas foram pequenos, não prejudicaram, e a apresentação da banda foi impecável.

A grande pergunta é: Vamos ter que esperar 11 anos novamente? Espero que não.

3 thoughts on “RAMMSTEIN Tour 2010”

  1. Estéfany Franco says:

    Poxa, Amerika é a mais foda, não podia faltar.
    Agora nem me dói tanto o coração saber que não fui. #mentira

  2. zap.br says:

    Amérika fez falta mesmo, mas as outras seguraram bem a onda.
    =)

  3. Scheila Sandi says:

    Não foi simplesmente um show, foi um acontecimento épico. Rammstein me acalma, simplesmente sou louca por eles…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>