Pista VIP? Very Increase Price, né ?

De uns anos pra cá uma prática cruel e mesquinha vem assolando os shows e eventos de música, principalmente as grandes atrações internacionais. A famigerada Pista VIP/premium/whatever.

Começou com uma pequena diferença de preço, em alguns poucos eventos, e agora parece que se tornou obrigatório. Sempre quando um evento é anunciado o comentário geral é quanto vai ser a paulada da Pista VIP.

Essa área reservada são os primeiros metros mais próximos do palco, sim tem uma visão bem privilegiada, mas não tem mais nada além disso.

Não é como alguns eventos que possuem um camarote, com muitos diferenciais. Você paga o dobro ou até mesmo o triplo para simplesmente ficar mais perto do palco.

É um benefício, sim, mas é muito pouco pela desproporção dos ingressos VIPs.

Eu já fui de “Premium” em alguns eventos e existem muitas pessoas que as vezes nem sabem do que se trata, estão lá simplesmente porquê era a “balada cara do final de semana”. Aconteceu isso no Maquinaria, aconteceu isso no Iron Maiden e todos que eu conversei que estavam em pistas vips, falaram a mesma coisa: Esse lugar ta cheio de gente que nem sabe o que está acontecendo.

O problema grande mesmo é o preço.

Estava conversando com amigos sobre os preços das pistas vips anúnciados nos próximos shows. Rush, 500 mangos, Bon Jovi, 600 socos na cara.

Amigão, sério ? 600 Reais por duas horas de evento, pra ficar na área dos banbanbans ?

Não existe nenhum tipo de controle, nada que regulamente ou julgue que o valor é abusivo ou não.

Justificariam dizendo “Uma Ferrari custa alguns milhões de reais, se você quer, pague.”, por não se tratar de algo essencial, shows e eventos estão “liberados” para cobrarem qualquer valor.

Não sou totalmente contra a prática, só acho que falta um pouco de bom senso na hora de definir os valore.

Quer fazer, faça justo e não abuse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>