Heaven & Hell – São Paulo – 16/05/09

Uma das quase unanimidades do mundo do heavy metal é que o Black Sabbath “inventou” o heavy metal.
A banda, uma das mais influente de todas, foi e ainda é inspiração direta e indireta em quase todos os estilos e variações do metal.
O grupo começou suas atividades em 1968, entregando ao mundo em 1970 o àlbum Black Sabbath, inaugurando, uma nova era na música.
A história do Black Sabbath é recheada de polêmicas, altos e baixos, mudanças de formação, brigas, separações e reuniões, reencontros fantásticos que sempre causam muito barulho na cena.
Um desses pontos altos foi quando Ronnie James Dio assumiu a difícil tarefa de “substituir” Ozzy Osbourne a frente dos vocais do Sabbath. Feito esse com muita competência e dedicação que garantiram ao Sabbath muitos discos de Ouro e Platina e principalmente um repertório grande de músicas ótimas.
Outro feito que também é associado ao Dio é ter popularizado o gesto do heavy metal: a mão de chifrinho.
Recentemente, o Sabbath se reuniu para lançar uma coleção com as melhores músicas da era Dio, chamada “The Dio Years“, como bonus essa coletânea ainda haviam algumas músicas inéditas para o deleite dos fans.
Essa reunião ainda rendeu mais frutos: um novo disco e mais uma turnê mundial.
A banda por questões judiciais se reunião sob o nome de Heaven & Hell, nome do primeiro disco gravado com Dio nos vocais do Black Sabbath e também um dos discos mais importantes da discografia do Sabbath.
São Paulo foi uma das cidades abençoadas com um dos shows dos grandes mestres do metal, lotando por completo o Credicard Hall.
O interessante de se observar um show desse porte é ver gerações e familias inteiras indo ao show pelo mesmo objetivo.
É ver representantes de várias vertentes do metal, saborear na fonte, onde tudo começou. Privilégio que poucas bandas tiveram.
A organização do show, por sua vez, pecou mais uma vez na falta de organização da entrada e saída. Nos preços altos dos ingressos, estacionamento, comida e bebida, e pela baixa qualidade técnica no som.
Infelizmente, os ajustes foram feitos durante a apresentação e só acertada pela terceira ou quarta música.
Nada que comprometesse o espetáculo, mas acho um furo tremendo a organização divulgar os “shows” do exaltasamba e Ney Matogrosso na espera do show. Será que eles já ouviram falar em público-alvo?
O quarteto Ronnie James Dio, Tony Iommi, Geezer Butler e Vinnie Appice subiram ao palco com quase 40 minutos de atraso, o que apenas aumentou a espectativa e ansiedade do público.

No repertório, músicas de toda “Era Dio”, desdo primeiro álbum até o trabalho mais recente “The Devil You Know“, fórmula perfeita para um show impecável do começo ao fim, provando a qualquer um que tivesse alguma dúvida, o por quê do Sabbath ser considerada uma das bandas mais importantes do metal.
O show abriu com Mob Rules, passou por I, Die Young, Time Machine e pela novíssima Bible Black.
Para concluir o espetáculo uma versão extendida e surpreendente de Heaven & Hell. No “bis”, Neon Nights ensurdeceu o público.
Mesmo carregando nas costas várias responsabilidades, a banda subiu ao palco demonstrando como se fosse seu primeiro show, como se aquilo fosse uma coisa que eles estavam fazendo pela primeira vez, respeitando o público não por toda uma carreira a seguir, mas pelo respeito e consideração de que após 40 anos de carreira, eles só estavam lá graças aos fans. Em retribuição a isso, os fans cantaram juntos e completaram todo o espetáculo.
Como um fan que estava próximo de mim disse: Black Sabbath é como vinho, mais velho, melhor.
O Whiplash também fez um review interessante do show do Heaven & Hell, vale a pena dar uma conferida.

One thought on “Heaven & Hell – São Paulo – 16/05/09”

  1. Leonardo Maciel says:

    Cara, você está TOTALMENTE errado!
    Quem inventou o heavy metal AND a mão de chifrinho, foi o GENE SIMMONS do KISS!
    Ele inventou isso e o telefone, a internet, a eletricidade, dentre outras coisas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>